Problemas e lesões

Uma lesão da cartilagem do joelho pode acontecer por vários motivos. A artrose do joelho, por exemplo, é uma dessas causas. Mas a prática excessiva e incorreta de exercícios físicos também pode acarretar em lesões que afetem essas estruturas. Outras enfermidades, como a condromalácia patelar e a osteocondrite dessecante, também podem afetar a região e gerar incômodos ao paciente.

Praticantes de esportes de alto impacto, como futebol, atletismo, corrida e thriatlon estão mais propensos a esse tipo de problema que, se não for diagnosticado com clareza e por um profissional, pode ser confundido com outras enfermidades.

Quando a prática esportiva é extremamente intensa, seja de qual modalidade for, alguns efeitos colaterais podem acontecer, como entorse de tornozelo, tendinite do calcâneo, o aparecimento do esporão calcâneo e a fascite plantar. Esse último problema, inclusive, é caracterizado por afetar corredores, bailarinos, ginastas, mulheres que utilizam por muito tempo saltos altos e pessoas com sobrepeso.

A luxação do ombro é um deslocamento da articulação do ombro e costuma ser mais comum em pessoas que praticam esportes que exigem da rotação do ombro, tais como natação, basquete, vôlei e thriatlon.

 Um dos esportes mais completos da era moderna é, sem dúvida alguma o triathlon. No entanto, atletas estão suscetíveis a diversas lesões por conta da grande carga de esforço no corpo. Com o acompanhamento certo, as chances de lesão diminuem. Conheça as principais lesões em atletas de triathlon.

Um dos casos mais comuns de tendinite é a chamada tendinite patelar, ou seja, a inflamação do tendão que liga a nossa patela (osso que já foi conhecido como rótula) ao osso da perna, também chamado de tíbia.

A lombalgia é a dor na lombar, região mais baixa da coluna. Popularmente chamada de ‘dor nas costas’ ela acontece devido à sobrecarga na região e pode se estender para as pernas e nádegas. Leia mais sobre o assunto: